Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 15 Outubro 2021 14:34
DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Com incentivos fiscais do Governo de Alagoas, indústria alimentícia começa a operar em Teotônio Vilela Destaque

Inauguração de nova fábrica da Amafil vai gerar 40 empregos diretos e mais de mil indiretos.

Texto de Waldson Costa

Com incentivos fiscais do Governo de Alagoas aprovados no Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Conedes), da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), começa a operar, nesta semana, a indústria alimentícia Amafil, que está instalada no Polo Industrial Eduardo Campos, em Teotônio Vilela, e vai gerar 40 empregos diretos e cerca de 1 mil indiretos no Agreste de Alagoas.

A inauguração da indústria de beneficiamento de mandioca, que investiu cerca de R$ 26 milhões, acontece na tarde desta sexta-feira (15) com a presença de lideranças políticas e empresários de Alagoas.

Com a capacidade de beneficiar cerca de 7 mil toneladas de mandioca por mês, a indústria alimentícia deve reordenar a cadeia produtiva na região Agreste com a compra de insumos de agricultores locais e a geração de dezenas de empregos diretos e indiretos.

“Quando uma nova indústria se instala em um município, seu impacto é sentido na região e em todos os setores porque a abrangência econômica vai além do segmento direto. Uma nova empresa são mais postos de trabalho e, assim, mais renda que acaba sendo distribuída no comércio local. Por isso, o Governo de Alagoas, através da Sedetur, vem investido a cada dia na captação de novas indústrias para fortalecer ainda mais a economia alagoana”, expõe o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão.

A implantação da Amafil no Agreste alagoano faz parte da política de interiorização da industrialização e do desenvolvimento econômico estabelecido pelo governo de Alagoas, diante do investimento de ações que têm como foco a descentralização de renda e o fortalecimento do poder econômico dos municípios alagoanos.    

A Amafil, uma das maiores empresas beneficiadoras de mandioca da América Latina, montou em Alagoas uma fábrica moderna, com alta eficiência energética e inteligência de gestão de logística para a transformação de alimentos.