Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 04 Junho 2021 15:29

Programa Alagoas Maior comercializa produtos regionais de pequenos produtores em Shopping de Maceió Destaque

Lojinha montada no Parque Shopping garante mais um canal de comercialização para as cooperativas e associações atendidas pelo Governo de Alagoas

Texto de Cecília Tavares

 Alagoas Maior Lucas Meneses 26

Mel e própolis de Piranhas e União dos Palmares; sequilhos de Quebrangulo; jogos de mesa das bordadeiras de Entremontes, no Sertão; colares e cocás da tribo Xukuru-kariri; sandálias, cintos e bolsas em couro de tilápia, de Piranhas. Esses são alguns dos produtos comercializados na lojinha do Alagoas Maior, instalada no Parque Shopping, em Maceió. 

No total, onze grupos produtivos, entre cooperativas e associações de pequenos produtores atendidos pelo Programa Alagoas Maior, uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e o Sebrae Alagoas, estão expondo seus produtos no espaço cedido pelo centro comercial, ampliando as possibilidades de comercialização e divulgação de seus trabalhos. 

Para Jean Ferreira, proprietário do Apiário Zumbi e presidente da Associação de Apicultores de União dos Palmares, o novo ponto de comercialização além de divulgar mais os produtos da cooperativa alavancou as vendas e possibilitou a abertura de novos mercados, em especial diante do cenário de pandemia atual.

“Está sendo muito gratificante. Em pouco mais de um mês em que estamos com os nossos produtos expostos na loja do Alagoas Maior, no Shopping, já conseguimos vender mais de R$ 5 mil em produtos, um resultado surpreendente para nós. Além disso, fechamos parceria para revender em novos pontos em Maceió, e estamos em fase de negociação avançada para revenda em Brasília, Goiás e Mato Grosso”, comemora Jean. 

De acordo com Wandilma Costa, atendente da lojinha do Alagoas Maior no Parque Shopping, os clientes ficam curiosos com as origens dos produtos e as vendas sempre aumentam quando a procedência de cada artigo é explicada.

“Entre os produtos que mais fazem sucesso aqui destaco a produção da tribo Xucuru Kariri e a própolis vermelha de Alagoas. De maneira geral, as pessoas ficam muito curiosas para entender como funciona o Programa Alagoas Maior e felizes em saber que, com a compra, estão gerando renda para pequenos grupos de produtores locais. No fim das contas, o cliente sempre acaba levando mais, porque sente que a compra tem um propósito”, explicou.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão, a implantação da loja no Parque Shopping foi mais um passo dado em direção ao sucesso e crescimento do Programa. 

“O Alagoas Maior veio para evidenciar as potencialidades dos pequenos negócios locais e criar com eles estratégias para o seu desenvolvimento, potencializando o empreendedorismo e alcançando novos mercados. A constituição da lojinha no Parque Shopping dá mais um passo nesse sentido, ampliando canais de vendas e, consequentemente, mudando a qualidade de vida de centenas de alagoanos”, explica o secretário. 

ALAGOAS MAIOR

 Alagoas Maior Lucas Meneses 22

As atividades hoje desenvolvidas pelo Alagoas Maior antes eram desempenhadas pelo Programa Arranjos Produtivos Locais (PAPL), que focava o atendimento em atividades produtivas, estruturando organizações coletivas, como associações e cooperativas. Seu objetivo era gerar emprego e renda para famílias em situação de extrema pobreza. 

Após a estruturação desses grupos, em 2019, o PAPL passou a ser Alagoas Maior, coordenado por meio de um convênio feito pela Sedetur e Sebrae Alagoas, com foco na melhoria do produto de cada negócio,desde a produção até a embalagem encontrada nas prateleiras, promovendo uma série de consultorias e capacitações. 

Hoje, o programa atua prioritariamente em três regiões do estado - Serrana dos Quilombos, Agreste, Sertão - e abrange cinco atividades produtivas em 46 municípios. As ações são desenvolvidas em 30 grupos coletivos (entre associações e cooperativas), impactando diretamente 2.180 empreendedores e indiretamente cerca de 10.900 pessoas.

Alagoas Maior Lucas Meneses 7