Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quinta, 06 Agosto 2020 19:57
EMPREGO E RENDA

Complexo Cultural de Pilar coloca Alagoas no roteiro do turismo religioso do país

Com peças de João das Alagoas, obra foi entregue pelo governador Renan Filho, que assinou ordem de serviço para construção da Praça do CRIA

Além da santa de 24 metros, o Complexo conta com peças que retratam a Via Sacra, todas de João das Alagoas Além da santa de 24 metros, o Complexo conta com peças que retratam a Via Sacra, todas de João das Alagoas Márcio Ferreira
Texto de Severino Carvalho e Rafaela Pimentel

Do alto dos seus 24 metros, Nossa Senhora do Pilar abençoa a cidade e a imensidão da Lagoa Manguaba. A estátua gigantesca integra o Santo Cruzeiro e Complexo Cultural e Religioso Dilma Moreia Canuto, inaugurado nesta quinta-feira (06) pelo governador Renan Filho, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e pelo prefeito do município, Renato Filho.

O Santo Cruzeiro foi erguido em 1918 pelo padre Manoel Pacheco, da ordem dos Jesuítas, e passou a atrair fiéis em peregrinação para orações, promessas ou em agradecimento por graças alcançadas. O novo equipamento firma de vez o Pilar no roteiro do turismo religioso.

“O Santo Cruzeiro é um marco centenário com uma vista belíssima, uma das mais bonitas de Alagoas, do Nordeste e do Brasil. Essa obra resgata a importância histórica e religiosa do lugar e certamente será um dos pontos mais simbólicos da cidade do Pilar”, declarou Renan Filho.

O secretário Rafael Brito citou que 30 milhões de brasileiros fazem turismo religioso no país e que o Complexo Cultural e Religioso põe Alagoas definitivamente nesse importante mercado gerador de emprego e renda. “Nós criamos, nesse momento, uma opção importante de turismo religioso para a cidade de Pilar, uma modalidade que vem crescendo muito no Brasil. Nos últimos dez anos, o segmento já se expandiu em mais de 60% e agora dotamos o estado de um complexo gigante e que poderá nos colocar definitivamente nesse mercado”, projeta Brito.

“Alagoas tem uma vocação turística muito grande e o Pilar, com essa beleza natural e a história religiosa que possui, não fazia parte do roteiro turístico do estado. Mas agora com o Santo Cruzeiro vamos entrar na rota turística para que possamos gerar emprego e renda”, acrescentou o prefeito Renato Filho, acompanhado pela primeira-dama, Cecília Rocha; e pela mãe dele, a deputada estadual Fátima Canuto.

Além da imagem de 24 metros de altura de Nossa Senhora do Pilar, o Complexo conta com peças feitas em barro pelo mestre artesão João das Alagoas, que retratam a Via Sacra, reconstituição religiosa do sofrimento de Jesus Cristo até o calvário. “Quando eu comecei a executar a obra, pensei muito num Cristo nordestino. Eu me inspirei num Cristo que representasse o homem comum do campo, mesmo com os traços Dele. Não fiz uma obra clássica, fiz uma obra que se identificasse mais com o Nordeste”, contou João das Alagoas, que é natural de Capela, município próximo a Pilar.

Devota de Nossa Senhora do Pilar, Maria José Batista da Silva, 59 anos, acompanhou toda a solenidade, sempre com o terço na mão. “Eu fico muito emocionada. Nossa Senhora do Pilar é tudo em nossas vidas. Aqui não vai faltar visita para ela”, opinou.

O Santo Cruzeiro e Complexo Cultural e Religioso Dilma Moreia Canuto recebeu investimentos de R$ 3,5 milhões, por meio do Governo de Alagoas, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), e da Prefeitura Municipal do Pilar.

Praça

Ainda durante a solenidade, o governador de Alagoas e o secretário executivo de Infraestrutura, Gustavo Lima Novaes, assinaram a ordem de serviço para a construção da Praça do CRIA – o Programa Criança Alagoana. A iniciativa busca construir espaços públicos de lazer aos pequenos, visando o bem-estar deles, a interação familiar e a valorização dos elementos culturais do estado.

“O CRIA é um programa muito interessante que vai construir praças paras as crianças em diversos municípios de Alagoas, sendo Pilar o primeiro deles. Também vamos lançar, ainda este ano, o Cartão do CRIA, que vai promover o fortalecimento da alimentação das crianças menores de cinco anos em Alagoas. O Estado vai dar uma ajuda financeira às famílias, de R$ 100 por mês, e isso vai ajudar, sobretudo, os mais pobres”, informou Renan Filho.