Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Segunda, 25 Novembro 2019 17:12
TURISMO CULTURAL

Mais de 8 mil turistas visitaram a Serra da Barriga no 20 de novembro

Pavimentação realizada pelo Governo de Alagoas deverá potencializar turismo na região

Inauguração de via de acesso incentiva turismo cultural na Serra da Barriga Inauguração de via de acesso incentiva turismo cultural na Serra da Barriga André Palmeira
Texto de Beatriz Carvalho

Oito mil pessoas visitaram a Serra da Barriga durante o feriado do Dia da Consciência Negra, celebrado na última quarta-feira, 20 de novembro. Em 2018, o número foi de cinco mil turistas. O total alcançando em um único dia chega a ser superior ao número de turistas que visitaram a Serra durante todo o primeiro semestre de 2019. Nos seis primeiros meses do ano, sete mil pessoas estiveram no local. 

A expectativa é que os números positivos passem a ser uma constante, uma vez que o espaço conta, desde o último dia 14, com um novo acesso e pavimentação, infraestrutura que contribui diretamente para alavancar o potencial turístico da Serra. 

Mano Gil do Quilombo é guia de turismo no local há seis anos, explorando todo o potencial histórico, étnico e cultural da região. Para ele, o novo acesso deverá  atrair mais pessoas e movimentar a economia.  

“A chegada de mais turistas enriquece e desenvolve a economia local. Eu ganho para guiar as pessoas, vendo o meu artesanato, o comerciante da cidade vende mais para os restaurantes, que servem mais comida da culinária afro-indígena, e assim todo mundo ganha. Agora que o acesso está bom, os visitantes podem subir a Serra do inverno ao verão. Divulgando, o turista passa a visitar a sua casa, que é o Quilombo dos Palmares, onde começou o Brasil”, comemora o informante turístico da Serra da Barriga. 

Executada pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand), as obras garantiram a pavimentação da estrada que vai da parte urbana até a base da Serra. São 7,4 quilômetros que agora contam com sarjetas, passeios, pórticos, sinalização horizontal e vertical. 

Para o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, a região vive um momento positivo. “A obra de infraestrutura representa um sonho realizado do turismo alagoano. Ela significa uma nova fase para a Serra da Barriga, com desenvolvimento e geração de emprego e renda. O resultado beneficia o município e toda a cadeia turística, que agora conta com um excelente aliado na potencialização dos Quilombos enquanto atrativo turístico”, destaca Rafael Brito.

Festival Quilombola

Com um novo formato, o Festival Quilombola, realizado entre os dias 14 e 17 de novembro, recebeu em sua última edição aproximadamente 7 mil e 500 pessoas. Quem visitou pôde aproveitar um menu gastronômico da culinária afro-brasileira a preço fixo, no valor de R$ 15, e ainda apresentações culturais e artísticas.