Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 03 Maio 2019 14:33
MERCADO INTERNACIONAL

Mais de 200 agentes de viagens chilenos são capacitados para vender o Destino Alagoas

Governo do Estado, em parceria com a ABIH/AL, promoveu os produtos turísticos alagoanos no workshop Partiu Brasil, em Santiago, no Chile.

Agentes de turismo puderam conhecer mais sobre destino Alagoas Agentes de turismo puderam conhecer mais sobre destino Alagoas Divulgação
Texto de Thiago Tarelli

O Destino Alagoas e todas as suas belezas foram destaque no Chile nessa última semana, durante o Workshop Partiu Brasil, promovido pela operadora Infinitas Travel, em Santiago. A equipe técnica da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) de Alagoas, capacitou mais de 200 agentes de viagens para venda dos produtos turísticos alagoanos no país.

             Além do workshop, onde agentes de viagens foram capacitados, os técnicos da Sedetur também visitaram agências de Santiago, sempre no intuito de fomentar o turismo no Estado, alimentando os profissionais com informações técnicas do Destino e detalhes de roteiros, com atrativos culturais, históricos e gastronômicos.

            Para a gerente de Apoio à Comercialização da Sedetur, Margarita Arieta, os produtos alagoanos despertam o interesse dos chilenos porque reúnem qualidade, diversidade e baixo custo. “Os chilenos estão muito interessados pelas nossas possibilidades turísticas, não só para a alta temporada, mas para o ano todo, tendo em vista as características naturais de Alagoas, com verão praticamente o ano todo, temperaturas amenas e poucas chuvas. Além disso, os atrativos alagoanos se tornam financeiramente viáveis para os chilenos”, conta.

            De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, esta é mais uma das agendas de capacitações internacionais e nacionais, a serem realizadas durante todo o ano.

“A vinda de estrangeiros é importante para a cadeia produtiva do turismo no Estado, principalmente em períodos que, para o brasileiro, são considerados baixa temporada. Atrair esse público significa abrir novos mercados, gerar maior movimentação para nossa economia e quebrar com a sazonalidade. Por isso, estamos focados nas capacitações que acontecerão ao longo do ano, estimulando que os chilenos sejam apresentados a Alagoas e todas nossas possibilidades”, explica o secretário.