Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Terça, 30 Abril 2019 16:38
INFRAESTRUTURA

Duplicação de gasoduto garante competitividade ao Polo Multissetorial

Governador inaugurou empreendimento e assinou decretos de incentivos fiscais e locacionais para instalação de novas empresas em Alagoas

Chefe do Executivo também autorizou a concessão de incentivos à instalação de novos empreendimentos em Alagoas Chefe do Executivo também autorizou a concessão de incentivos à instalação de novos empreendimentos em Alagoas Márcio Ferreira
Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho inaugurou, nesta segunda-feira (29), a duplicação do gasoduto Pilar – Marechal Deodoro. A solenidade foi realizada no Polo Multissetorial José Aprígio Vilela, neste município. Na ocasião, o chefe do Executivo também autorizou a concessão de incentivos à instalação de novos empreendimentos em Alagoas.

O governador destacou a importância do investimento feito pela Algás na expansão do gasoduto Pilar – Marechal Deodoro, o que garante competitividade ao setor industrial alagoano, sobretudo às empresas instaladas no Polo Multissetorial.

 mar1.jpeg

 

“O gasoduto que existia já estava com sua capacidade esgotada. A nova estrutura duplica essa capacidade de gás fornecida e dota da infraestrutura necessária o polo Multissetorial José Aprígio Vilela para que possa seguir crescendo e atraindo novas empresas”, afirmou Renan Filho.

A expansão do gasoduto está orçada em R$ 11 milhões. Vinte por cento desses recursos são da Algás e 80% financiados pelo Banco do Nordeste. O investimento reforça o sistema de distribuição de gás natural que abastece, principalmente, as empresas instaladas no Polo Multissetorial José Aprígio Vilela. A rede duplicada tem 15 km de extensão, cuja capacidade de distribuição é de 1.040 mil m³/dia, totalizando 1.680 mil m³/dia. O volume atende ao fornecimento de 89% da atual demanda do setor no Estado.

O diretor-presidente da Algás, Arnóbio Cavalcante, explicou que a duplicação do gasoduto Pilar – Marechal Deodoro representa a garantia do fornecimento de gás natural pelos próximos 25 anos. “Estamos complementando hoje os 500 quilômetros de rede em nosso Estado, ou seja, o gás do desenvolvimento está chegando. Temos o compromisso, dentro da orientação do governador Renan Filho, de tornar o gás, cada vez mais, num instrumento do desenvolvimento do Estado de Alagoas”, enfatizou Cavalcante.

Incentivos

A solenidade também marcou a assinatura dos decretos de incentivos fiscais e locacionais para instalação de novos empreendimentos em Alagoas, política esta que tem sido fundamental à atração e consolidação de empreendimentos no Estado.  

Os incentivos foram concedidos por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin) e beneficiam, nesta etapa, sete empresas. Juntas, elas vão injetar cerca de R$77,5 milhões e gerar aproximadamente 3.500 empregos diretos e indiretos. O Prodesin é um programa desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

 mar2.jpeg

“Desde 2015, o Governo tem feito ações extremamente estruturantes para promover o desenvolvimento de Alagoas: refez o Prodesin, criou a cadeia do polo moveleiro, do polo ceramista, o incentivo fiscal para reduzir o querosene de aviação, levou gás natural para Arapiraca, ou seja, são ações estruturantes que preparam Alagoas pra crescer cada vez mais”, arrematou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.  

Participaram, ainda, da solenidade, a secretária de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação, Cecília Rocha; o superintendente do Banco do Nordeste, Pedro Ermírio; o prefeito do Pilar, Renato Filho; o diretor da Associação das Empresas do Polo Multissetorial José Aprígio Vilela, Jorge Bastos; o diretor-presidente da Junta Comercial de Alagoas (Juceal), Carlos Araújo; o presidente da Câmara de Vereadores de Marechal Deodoro, André Luiz; dentre outras autoridades e empresários.