Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Terça, 16 Outubro 2018 18:22
VALE DO PARAÍBA

Governador inaugura Centro Cultural e novas instalações do ateliê João das Alagoas em Capela

Solenidades fizeram parte das comemorações alusivas aos \r\n128 anos de emancipação politica do município

Reestruturação do ateliê João das Alagoas proporciona melhores condições para visitação para clientes, lojistas, colecionadores e galeristas Reestruturação do ateliê João das Alagoas proporciona melhores condições para visitação para clientes, lojistas, colecionadores e galeristas (Fotos: Kaio Fragoso)
Texto de Severino Carvalho

O governador Renan Filho inaugurou, na manhã desta terça-feira (16), em Capela, no Vale do Paraíba alagoano, o Centro Cultural Multiuso Vereadora Lêda Valéria, antigo ‘Farinheiro’, e as novas instalações do ateliê do mestre João das Alagoas.

"São duas entregas muito importantes para o município. Uma é o ateliê, um incentivo para ampliar as vendas e melhorar as condições de trabalho dos dez artesãos que aqui trabalham. O João das Alagoas é um dos principais artistas populares do nosso Estado e do país. A outra entrega importante é o antigo Farinheiro, um prédio histórico que serviu para festividades e para o comércio semanal, agora reerguido", declarou Renan Filho.

 

Kaio Fragoso

 As solenidades fizeram parte das festividades alusivas aos 128 anos de emancipação política de Capela e contaram com a presença do prefeito do município, Adelmo Calheiros; dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, e da Cultura, Melina Freitas; além da primeira-dama Renata Calheiros.

A reestruturação do ateliê do mestre João das Alagoas proporcionou melhores condições para visitação, tanto dos clientes finais como dos lojistas, colecionadores e galeristas. Os investimentos, da ordem de R$ 200 mil, favorecem a economia regional, sobretudo o mercado do artesanato.

Kaio Fragoso

 João Carlos da Silva, 60 anos, o ‘João das Alagoas’ é considerado patrimônio vivo do Estado. Ele falou dos benefícios proporcionados pelas obras de melhoria e ampliação do ateliê, que beneficiam 10 artesãos capelenses. 

"Essa obra trouxe muitos benefícios, tanto para nós artesãos como para quem nos visita, principalmente em termos de conforto, porque antes era muito difícil. A gente tá muito feliz com isso. É um reconhecimento de um trabalho feito há muitos anos", declarou João das Alagoas.

 

Kaio Fragoso

O secretário Rafael Brito destacou a importância do programa Alagoas Feito à Mão para a produção artesanal no Estado. "Ele aproxima os artesãos do mercado consumidor e os capacita. Esse ateliê é um exemplo das ações do Alagoas Feito à Mão, um programa do Governo do Estado que dá uma ressonância maior ao nosso artesanato e à nossa cultura popular", avaliou Brito.

Farinheiro

Construído em 1934, o prédio histórico abrigava o antigo Mercado Público Municipal, mais conhecido como ‘Farinheiro’. Ali se comercializava, dentre outros alimentos, a farinha de mandioca, amplamente consumida no Nordeste brasileiro.

O imóvel foi derrubado em 2014. Restou apenas a fachada da edificação original, que foi demolida em seguida, porque havia risco de desabamento. Transformado em Centro Cultural Multiuso, o prédio foi reconstruído; as características arquitetônicas originais, porém, resgatadas. Familiares da vereadora falecida e que dá nome ao prédio prestigiaram a inauguração.

 

Kaio Fragoso

O espaço, erguido por meio de um convênio entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), e a prefeitura de Capela, será destinado à comercialização de produtos locais, artesanato e a apresentações artísticas. Foram investidos na obra mais de R$ 1 milhão. Noventa e oito por cento dos recursos foram provenientes do Estado e 2% da Prefeitura Municipal de Capela.

Estrada

Ainda durante a solenidade de inauguração do Centro Cultural Multiuso Vereadora Lêda Valéria, o governador reafirmou o compromisso de implantar a rodovia entre Murici e Capela, interligando os Vales do Mundaú e Paraíba. As obras terão início do próximo ano, anunciou.

"Essa obra vai integrar o desenvolvimento econômico das duas regiões. Estamos com o projeto pronto e nos próximos dias vamos publicar o edital de licitação para, nos primeiros meses de 2019, dar início a essa estrada", informou.