Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quarta, 06 Dezembro 2017 11:56
EM MACEIÓ

Sedetur apresenta Programa de Desenvolvimento Estadual na 49ª edição do Foretur

Evento acontece nesta quinta-feira (7), às 10h, na sala Jacarecica, do hotel Jatiúca

Turismo foi um dos setores prioritários analisados para elaboração do Plano de Desenvolvimento Estadual. Turismo foi um dos setores prioritários analisados para elaboração do Plano de Desenvolvimento Estadual. Kaio Fragoso
Texto de Thiago Tarelli

Discutir ações integradas para fomentar a atividade turística em Alagoas. É com esse intuito que a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) promove nesta quinta-feira (7), a 49ª edição do Fórum Estadual de Turismo (Foretur).

Na oportunidade, será lançado também o Plano de Desenvolvimento Estadual elaborado pela pasta em parceria com o Ministério da Integração Nacional e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O evento acontece às 10h, na sala Jacarecica, do Hotel Jatiúca, em Maceió.

O Foretur é mais uma oportunidade promovida pelo Governo do Estado para reunir representantes de todas as regiões turísticas de Alagoas para debater ações e projetos para fomentar a atividade turística para o ano de 2018.

"Durante todo o ano a Sedetur promoveu reuniões de articulação de norte a sul, do Litoral ao Sertão Alagoano, visando a consolidação do turismo como uma das principais matrizes econômicas do Estado. Agora vamos elaborar este planejamento para que em 2018 o turismo em Alagoas avance ainda mais, gerando mais emprego e renda para a população", explica o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Plano de Desenvolvimento Estadual
O turismo foi um dos setores prioritários analisados para elaboração do Plano de Desenvolvimento Estadual, feito pela Sedetur, em parceira com o Ministério da Integração Nacional e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), com recursos do Instituto Interamericano de Cooperação Agrícola (IICA). Além dele, o agronegócio, desenvolvimento rural, a indústria de transformação e o setor de comércio e serviços também foram analisados.

Durante o segundo semestre de 2016, a Sedetur realizou entrevistas, pesquisas, levantamento de dados e oficinas participativas em cidades como Maceió, Arapiraca, Delmiro Gouveia e Maragogi com representantes de todas as regiões do Estado. Deste trabalho nasceram diretrizes e propostas que visam incentivar e promover o desenvolvimento de Alagoas nos próximos vinte anos.

"O Plano é essencial para elaboração de políticas públicas eficientes, com resultados expressivos e que devem funcionar como um banco de dados para desenvolver economicamente Alagoas e melhorar a qualidade de vida do povo alagoano" explica Rafael Brito.