Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 29 Outubro 2021 12:50

Confut Nordeste abre temporada de turismo de eventos em Alagoas

Conferência de Futebol do Nordeste conta com o apoio do governo de Alagoas.

Confut Nordeste abre temporada de turismo de eventos em Alagoas Fotos: Lucas Meneses
Texto de Cecília Tavares

Ex-atletas, investidores, diretores esportivos e gerentes de clubes de futebol brasileiros estão em Maceió para participar da Conferência de Futebol do Nordeste, a Confut Nordeste, que começou nesta quinta-feira (28), no hotel Ritz Lagoa da Anta, na praia de Cruz das Almas.

O evento, que tem o patrocínio do Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), segue até o próximo sábado (30), e conta com a participação de nomes importantes do ramo do futebol -  como o diretor executivo de futebol profissional do Bahia, Lucas Drubscky; além do diretor de finanças do Ceará, João Paulo Silva, e o intermediário da CBF e sócio proprietário da Left Sports, Eduardo Cornacini. 

A programação da Confut Nordeste foi aberta com uma palestra sobre o panorama financeiro da indústria do futebol, com o diretor executivo da E&Y, Pedro Daniel, que falou sobre o impacto do futebol na economia brasileira, que é de cerca de R$50 bilhões,  e os desafios que clubes e a indústria, de maneira geral, enfrentam no país. 

“Hoje a indústria do futebol gera mais de 150 mil postos de trabalho no país. O futebol é um negócio que tem um impacto relevante na economia e, além disso, traz um caráter social e educacional fundamentais para a sociedade”, explica Daniel. 

A programação do evento inclui rodadas de debate com a participação de especialistas e a apresentação de cases de sucesso, como a estruturação do departamento de futebol do Palmeiras, que será apresentada por Cícero Souza, gerente de futebol da ABEX/Palmeiras. 

A Confut Nordeste é o primeiro evento do segmento do turismo de negócios que Alagoas recebe pós-pandemia. Um dos segmentos que mais impactam na economia do estado, segundo estimativa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o turista de negócios gasta, em média, quatro vezes mais que o turista de lazer. Somente em 2019, cerca de R$ 68 milhões foram acrescidos à economia da capital alagoana através do setor, segundos dados do Maceió Convention & Visitors Bureau (MCVB). 

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão, a retomada dos eventos com a Confut Nordeste vem em bom momento para Alagoas.

“Com a retomada segura e gradual do turismo em Alagoas, finalmente voltamos a receber eventos, e reabrimos com um evento de expressividade nacional, como a Confut Nordeste, que não só gera negócios, mas também aquece o turismo local. A Sedetur faz um trabalho forte em parceria com o Maceió Convention na prospecção de eventos e seguiremos reforçando nosso destino, que já vem se consolidando como um destino seguro pós-pandemia, seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança internacionais”, expôs o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão. 

Com o objetivo de colocar em evidência os destaques do futebol na região Nordeste, a Confut Nordeste irá ainda premiar os melhores profissionais, clubes e cases do sucesso da região Nordeste. A premiação será realizada destacando os três profissionais, que serão selecionados pelo conselho do evento, especialistas e público em geral.

Turismo Responsável

Com o avanço da vacinação do Brasil, a retomada segura e gradual do turismo em Alagoas conta com o selo Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), entidade de turismo internacional que reconhece destinos ao redor do mundo que tenham implementado protocolos sanitários em padrão mundial. Alagoas já conta com oito cidades chanceladas com o selo – Maragogi, Porto de Pedras, Penedo, Japaratinga, Piranhas, Delmiro Gouveia, Roteiro e Marechal Deodoro.  

O estado também registra cerca de 1.854 empreendimentos turísticos com o selo do Turismo Responsável do Ministério do Turismo, ocupando o segundo lugar no Nordeste, atrás apenas da Bahia. As duas certificações levam em consideração a prática de condutas que tragam segurança para turistas, trabalhadores e moradores das regiões turísticas.