Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Terça, 02 Fevereiro 2021 12:24
TURISMO

Mais de 70 veículos são abordados em ações de fiscalização do Cadastur

Parceria entre Sedetur, Procon Alagoas, SMTT e Sindicato dos Guias de Turismo de Alagoas visa reprimir exercício ilegal de atividades ligadas ao turismo no estado.

Fiscalização visa garantir qualidade dos serviços prestados aos turistas que visitam Alagoas. Fiscalização visa garantir qualidade dos serviços prestados aos turistas que visitam Alagoas. Jonathan Lins
Texto de Thiago Tarelli

Mais de 70 veículos, com cerca de 1.800 passageiros no total, foram abordados em ações de fiscalização de transportes turísticos realizadas na manhã desta segunda-feira (01), e no último dia 26 de janeiro. O objetivo foi flagrar irregularidades da atividade na capital alagoana e o exercício ilegal da profissão de guia de turismo, levando em consideração a regularização dos automóveis e dos guias de turismo junto ao Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

A fiscalização é fruto da parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), órgão gerenciador do Cadastur em Alagoas, Procon Alagoas, Sindicato dos Guias de Turismo do Estado de Alagoas (Singtur) e Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Maceió (SMTT), e atua com autuação de veículos de transporte turístico que atuam em Alagoas e que não estejam vinculados ao Cadastur e/ou não tenham guia vinculado ao cadastro e capacitado para atuar no estado.

Tereza Natália Medeiros, vice-presidente do Sindicato dos Guias de Turismo de Alagoas (Singtur) de Alagoas, explica que a fiscalização é essencial para a regularização da profissão de guia. “Essas ações de fiscalização são essenciais principalmente para tirar de circulação todos os carros que circulam sem um guia de turismo. Temos uma lei estadual e federal que obriga a contratação de um guia para cada veículo de transporte turístico, e muitos carros acabam circulando no estado sem guia. Tanto os carros daqui, como transportes rodoviários que vêm de outros estados que também precisam contratar um guia regional”, explica.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a fiscalização garante que o turista que vem a Alagoas encontre um serviço qualificado e diferenciado. “Estamos atuando visando garantir a qualidade da experiência que o turista vivencia no estado. Somos o destino mais vendido, mais procurado e precisamos atender essa demanda com ainda mais qualidade. Dessa forma estamos não só fomentando a atividade turística cada vez mais, mas também fortalecendo o respeito a profissionalização do profissional guia, valorizando essa categoria tão importante para o setor”, ressalta.

Ao todo, a fiscalização realizou quatro autuações, três por meio do Procon Alagoas, que lavrou três autos de infração a empresas por falta de guia de turismo no veículo que infere em má qualidade do serviço prestado, e uma multa por parte da SMTT, que flagrou uma van de transporte turístico com a documentação irregular.