Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quinta, 01 Outubro 2020 12:11
TURISMO

Em um mês, Gol amplia número de voos em 45% para Maceió

Frequências semanais de São Paulo, principal mercado emissor de turistas para Alagoas, sobem de 9 para 13; Rio, Brasília e Salvador também contarão com mais operações

Mais voos partem de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador com destino a Maceió em outubro Mais voos partem de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador com destino a Maceió em outubro Ascom Sedetur
Texto de Thiago Tarelli

A Gol linhas aéreas anunciou nesta semana que irá aumentar o número de voos para Maceió em outubro. A empresa passará de 22 para 32 voos semanais, em média, com destino à capital alagoana, crescendo sua malha aérea em 45% no estado. As operações têm início nesta quinta-feira (01).

Os voos para São Paulo - Aeroporto Internacional de Guarulhos - passam de 9 para 13 frequências semanais, já os com destino ao Rio de Janeiro (RJ) passam de 4 para 7 frequências; os para Brasília (BSB), de 4 para 6; e Salvador (BA), de 5 para 6. As operações com destino à capital baiana são feitos em parceria com a companhia Voepass.

Gradualmente, a malha aérea do estado tem crescido após a queda sofrida pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a política de incentivos do executivo estadual tem sido um diferencial para esta recuperação. 

“A recuperação da malha aérea sempre foi uma das nossas maiores preocupações. Por isso, nosso incentivo às empresas aéreas, que se tornou ainda mais competitivo, está fazendo o diferencial neste momento. Superamos a meta estabelecida de 30% no número de voos para a mês de julho e seguimos gradualmente evoluindo. Certamente iremos cumprir ou até superar a expectativa de 70% da malha recuperada até dezembro. Com segurança e tranquilidade a industria do turismo retoma suas atividades e Alagoas segue se destacando no mercado nacional”, ressaltou Rafael Brito.

Incentivos

Desde o ano passado, as principais companhias aéreas do país - Gol, Latam e Azul - contam com o incentivo concedido pelo governo de Alagoas para o fomento da malha aérea do Estado. Com esse acordo, o executivo estadual garante às empresas a redução de 12 para cotas de 8, 6 e 5% do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o Querosene de Aviação (QAV), responsável por cerca de 40% dos custos de operação das aeronaves. Na alta temporada de verão do ano passado, esta medida rendeu ao estado o acréscimo de aproximadamente de 40 mil turistas.