DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Terça, 28 Julho 2020 19:29
DIA DO AGRICULTOR

Produtores do estado conquistam novos mercados com o Alagoas Maior

Programa amplia possibilidades de comercialização e impulsiona geração de renda através da agricultura familiar

O presidente da Associação dos Produtores de Limoeiro de Anadia, Alvânio Vicente, comemora mais um Dia do Agricultor com orgulho e conquistas na produção de abacaxis O presidente da Associação dos Produtores de Limoeiro de Anadia, Alvânio Vicente, comemora mais um Dia do Agricultor com orgulho e conquistas na produção de abacaxis Jonathan Lins
Texto de Leticia Cardoso

Com vivência na roça desde os 7 anos, Alvânio Vicente, presidente da Associação dos Produtores de Limoeiro de Anadia (Asprolimo), no Agreste de Alagoas, comemora mais um Dia do Agricultor com orgulho e conquistas na produção de abacaxis, mandiocas e bananas, que representam melhorias para os associados do grupo. Acompanhados pelo programa Alagoas Maior - coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e pelo Sebrae Alagoas - centenas de agricultores, assim como Alvânio, que têm na agricultura familiar a única fonte de renda, alcançaram novos mercados e observaram mudanças no preço de seus produtos.

“O Dia do Agricultor é para celebrarmos. Tenho orgulho de ser agricultor. Com esse trabalho consegui formar minhas duas filhas e não há alegria maior que essa. Com o Governo do Estado, com o Alagoas Maior, nós alavancamos nossas vendas e há três anos vendemos para São Paulo o ano inteiro por um preço justo. Eles mudaram a história da associação”, expõe Alvânio.

A abertura do mercado paulista para a Asprolimo foi intermediada pelo programa, em 2018, durante a participação de um evento no estado. A articulação foi feita junto a Batista Legumes - hoje Batista Agronegócios - pelo gestor da região, que resultou, em pouco mais de um mês, na venda de 180 mil frutos, que somou a arrecadação de cerca de R$300 mil. 

“O trabalho do Alagoas Maior é dar condições para que grupos produtivos como o de Limoeiro de Anadia possam estar presentes em outros estados e lugares, não só estando nas feiras livres, mas também chegando aos supermercados, praticando um preço justo. Queremos dar caminhos e trabalhar juntos para que eles cresçam como empreendedores e evoluam em seus negócios”, ressalta Giselle Mascarenhas, superintendente de Desenvolvimento Territorial e Regional da Sedetur e coordenadora do programa. 

O Alagoas Maior 

As atividades hoje desenvolvidas pelo Alagoas Maior, antes eram desempenhadas pelo Programa Arranjos Produtivos Locais (PAPL), que focava o atendimento em atividades produtivas, estruturando organizações coletivas, como associações e cooperativas. Seu objetivo era gerar emprego e renda para famílias em situação de extrema pobreza. 

Após a estruturação desses grupos, em 2019, o PAPL passou a ser Alagoas Maior, coordenado por meio de um convênio feito pela Sedetur e Sebrae Alagoas, com foco na melhoria do produto de cada negócio.

“Isso significa que nós não só pensamos na venda do produto in natura, mas também em novas formas de comercialização, assim como fornecemos meios para otimizar a produção, por meio de maquinários, por exemplo. Dessa forma, abrimos novos mercados e os levamos além das feiras livres e compras públicas”, explica Everson Pontes, gerente de Arranjos Produtivos Locais, da Sedetur.

O trabalho tem como finalidade alavancar economicamente os pequenos negócios de associações e grupos produtivos em três regiões de foco: Serrana dos Quilombos, Agreste, Sertão.  Durante todo o ano, essas regiões são mapeadas por seus respectivos gestores, que possuem o papel de identificar potenciais negócios que possam ser beneficiados com o programa, que propicia a abertura de novos mercados, melhoria na apresentação e embalagens e oferece capacitações para os empreendedores. 

Novos caminhos

Com a estruturação do segmento, novos caminhos surgiram como possibilidades. No mês de setembro, aproximadamente 10 empreendedores participarão da RuralTur, a maior feira de turismo rural do país. Nesta edição, que acontecerá de forma virtual, os produtores terão a oportunidade de participar de exposições de seus produtos, rodadas de negócios, palestras e comercialização através de plataformas de marketplace.