DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quarta, 25 Março 2020 19:08
ECONOMIA

Bares e restaurantes investem em delivery e ações inovadoras para driblar a crise

Investimentos em marketing, concessão de férias e negociação dos custos são outras medidas tomadas pelos empresários alagoanos

Pandemia do coronavírus exige dos empresários novas medidas para manter as vendas Pandemia do coronavírus exige dos empresários novas medidas para manter as vendas Divulgação
Texto de Thiago Tarelli

Os bares e restaurantes de Alagoas têm buscado traçar estratégias e ações inovadoras para driblar ou amenizar os prejuízos da crise econômica causada pela proliferação do coronavírus (COVID-19) no Estado. Delivery, novos produtos e até novas marcas são apostas e estratégias dos empresários neste momento.

É o caso de Deco Sadigursky, proprietário da franquia alagoana Black Beef Burgues. Com o atendimento presencial suspenso, a aposta é no delivery. “Fizemos investimentos em marketing, dando ênfase ao delivery. Criamos uma nova marca, que atende a um outro público, vendendo hambúrgueres na faixa de 12 a 15 reais. Esta segunda marca já está ajudando bastante no faturamento da rede, porque não trouxe grande custos a mais, já que usamos a mesma estrutura do Black Beef”, explica Deco.

Outras medidas, mais austeras, tiveram que ser tomadas para o bom andamento do negócio, conta o empresário. “Nós tivemos que dar férias para a maioria dos funcionários, ficando apenas com o necessário para funcionamento do delivery. Negociamos também todos os nossos custos, fornecedores, aluguel, reduzimos o contrato de marketing e os diretores irão ganhar 25% a menos neste período difícil, mas só a diretoria, sem afetar o restante do staff”, ressaltou.

Representando mais de 400 empresários do setor em Alagoas, Thiago Falcão, presidente da Associação Brasileira de Bares, Restaurantes e Similares (Abrasel) do Estado, conta que muitos estabelecimentos estão buscando traçar estratégias para enfrentar a crise.

“Os empresários estão dirigindo seus esforços para a modalidade delivery, muitos que nunca tiveram este serviço estão fazendo entrega e atendendo pelo WhatsApp, redes sociais e aplicativos como iFood e Uber Eats, incluindo bares que estão entregando bebidas e petiscos”, contou o presidente Thiago Falcão.

Manifesto

Unidos e engajados, um grupo de chefes de cozinha e empresários de bares e restaurantes de Alagoas fizeram um manifesto em vídeo para conscientizar a população da importância do apoio ao negócio local nesta crise.

A ação, que viralizou nas redes sociais nesta terça-feira (24), traz grandes nomes da cozinha alagoana como Wanderson Medeiros, Jonatas Moreira, Sandy Farias, André e Victor Generoso, Henrique Amorim, Deco Sadigursky e Juan Mello falando sobre a importância de comprar e incentivar o micro e pequeno negócio de alagoanos, que movimentam a economia do Estado.

Medidas Econômicas

Rafael Brito, secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, explica que medidas vem sendo trabalhadas e estudadas pelo Estado, mas também com a ajuda do Governo Federal, para auxiliar os empresários neste momento difícil.

“Nós estamos atentos aos impactos econômicos da pandemia do coronavírus e iremos auxiliar os empresários dessa cadeia tão importante do turismo- que abrange bares e restaurantes- através da concessão de créditos e medidas já existentes que foram repaginadas para este momento. Além disso, novos créditos disponibilizados por bancos públicos estão entre as medidas econômicas efetivas para enfrentarmos esse período difícil.

Novas condições de pagamento, negociação de dívidas, taxas de juros menores, empréstimos e extensão dos prazos podem ser o diferencial para salvar micro e pequenos empresários, que representam mais da metade dos empregos gerados pelo setor em Alagoas”, pontuou Rafael Brito.